Home

Festa Brava June 20, 2016

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Posted on: 06/23/2016 - 10:50pm

Na tarde de Quinta-feira no IES Hall em San Jose preparava-se para a Tourada à corda de hoje Sexta-feira, 24 de Junho.

 

Posted on: 06/20/2016 - 4:12pm

O ganadeiro e antigo cavaleiro tauromáquico David Ribeiro Telles faleceu na noite desta segunda-feira, 20 de junho, aos 88 anos, após vários meses em que o seu estado de saúde inspirava cuidados e se foi deteriorando.

Nascido a 11 de novembro de 1927, em Almeirim, Mestre Ribeiro Telles era o patriarca de uma das famílias mais conhecidas da festa brava em Portugal.

Segundo a sua página na Wikipedia, a primeira corrida em que toureou foi em Coruche, em 17 de agosto de 1945, por ocasião das tradicionais Festas de Nossa Senhora do Castelo. Viria a receber a alternativa de cavaleiro tauromáquico na Monumental do Campo Pequeno, a 18 de maio de 1958. Além de Portugal, atuou em Espanha, França, Angola, Moçambique e Macau.

Figura incontornável do toureio a cavalo e intérprete do estilo clássico, onde o citar de largo, as abordagens frontais e o cravar ao estribo são partes fundamentais, diz-se que o seu toureio só chega aos verdadeiros aficionados.

Posted on: 06/05/2016 - 6:18pm

Portugal rejects move to limit minors' participation in bullfights

Portugal's parliament on Thursday,rejected three bills tabled by the Left Bloc, The Greens and PAN - People Animals Nature to restrict the participation in bullfights and other spectacles involving bulls by minors, after members of the governing Socialist Party were allowed a free vote

The bill tabled by The Greens, which would have required any bullfighters and assistants under the age of 18 to have completed 12 years of schooling, was opposed by most Socialists - with 12 abstaining and 10 voting in favour - as well as by all Communist deputies and the centre-right Social Democratic Party and right-wing People's Party.

The other two bills, both of which would have barred all minors from participating in bullfights or similar spectacles, were opposed by most Socialists - with 10 deputies abstaining - as well as Communists, Social Democrats and People's Party deputies.

The smaller left-of-centre parties all voted in favor.

Posted on: 06/14/2016 - 6:10pm

Pela primeira vez realiza-se uma Tourada à corda no parque de estacionamento da IES Hall em San Jose. Este evento que vai ficar na história, uma vez que é a primeira vez que realiza-se uma Tourada à corda na cidade de San Jose, será na Sexta-feira 24 de Junho pelas 6PM com 4 touros puros da Ganadaria Casa Agrícola Roberto Martins e filhos.

Posted on: 06/14/2016 - 5:51pm


A nossa Lira Açoriana vai participar este ano nas Sanjoaninas abrilhantando a última corrida da Feira de São João no Domingo, 26 de Junho na Monumental Ilha Terceira. Antes da partida para a Terceira falamos com o maestro Joey Bertão.

CT- Quando foi a fundação da banda

JB- 9 de Maio de 1982

CT- Atualmente quantos elementos tem a banda?

JB- Altualmente temos 67 elementos

CT- Quais as idades dos elementos da vossa banda?

JB- Nós temos alguns músicos originais e fundadores da filarmónica, mas muitos dos nossos músicos são de idades de 30 anos e menos. Nós temos muitos jovens. 

CT- Quantos elementos irão a Terceira?

Posted on: 06/01/2016 - 12:11am

Foi no Sábado, 28 de Maio que a Praça de Touros do Artesia DES abriu as suas portas para a corrida anual da popular Festa da Bola. Com cerca de 3/4 de casa estiveram presentes os cavaleiros Joe Correia, Jorge Hernandez Garate e João Soller Garcia. Para as pegas esteve o Grupo de Forcados Amadores de Merced e o Grupo de Forcados Amadores Luso-Americanos. Os touros chegavam de Stratford da Ganadaria Cada Agrícola Roberto Martins e Filhos.

Esta corrida teve duas partes distintas. A primeira que deixa um ganadeiro triste e a segunda que deixa um ganadeiro feliz e com esperança para o futuro. Os 3 touros da primeira a sair sem interesse o que dificultou e muito aos cavaleiros puderem desenhar quaisquer lides. A única alegria que apresentou os 3 primeiros touros foi ao abrir a porta para o seu regresso aos curros.

A segunda parte foi totalmente diferente. Um quarto bom, um quinto ainda melhor e o sexto a servir. Boas lides dos 3 cavaleiros numa praça que não tem as melhores condiçoes para o toureio à marialva.

Pegou pelos Amadores de Merced Tony Oliveira à 1a tentativa, Michael Bento à 1a tentativa e José Pedro Teixeira à 1a tentativa. Pelos Amadores Luso-Americanos pegou Ulisses Gutierrez à 3a tentativa, Jason Magina à 1a tentativa e Manuel Cabral à 1a tentativa.

 

Posted on: 06/09/2016 - 2:49pm

Festa ends with bullfights

 

Hundreds of people filled the Campo Pequeno bullring on East Ninth Street to watch men on horseback and on foot challenge bulls in the annual bloodless bullfights that concluded the Holy Ghost festa celebration on Friday evening.

Cavaleiros — bullfighters mounted on horses — took turns in the ring trying to stick a Velcro-tipped lance onto a pad on the bull’s back.

Two forcado groups from Turlock entered the ring on foot to grab the bull at the end of each bullfight.

 

 

Posted on: 06/01/2016 - 12:20am

 

 

 

Realizou-se na Sexta-feira 27 de Maio na Praça de Touros do TDES uma Corrida à Portuguesa inserida no programa das Festas ao Divino Espírito Santo promovidas pelo TDES.

Com lotação esgotada a Praça de Touros do TDES recebia a sua segunda corrida. Toureou os Cavaleiros de Alternativa Joe Correia, Jorge Hernandez Garate e Manuel Telles Bastos. Para as pegas esteve presente os Grupos Amadores de Merced e Amadores Luso-Americanos. O curro foi fornecido pela Ganadaria Casa Agrícola Roberto Martins e Filhos.

Na gíria taurina se diz "não ha quinto mal" e realmente o quinto não foi mal até foi muito bom proporcionando ao Ca aleiro Jorge Hernandez Garate uma lide de grande nível. Não teve a mesma sorte no outro do seu lote. O Cavaleiro Joe Correia é que não teve sorte nenhuma apanhando o pior lote. O Manuel Telles Bastos apanhou o único outro touro da Casa Agrícola Roberto Martins e Filhos com alguma qualidade e que deu para o Cavaleiro da Torrinha poder brindar o público com uma boa lide.

Quanto às pegas houve duas partes distintas. A primeira muito dura e a causar aos forcados enormes dificuldades e a segunda parte de boas pegas. Pegou pelos Anadores de Merced Joey Mancebo à 5a tentativa, Luis Vitorino a 5a tentativa e o Cabo João Azevedo que pegou bem à 1a rentativa.

Pelos Amadores Luso-Americanos foi à cara Joseph Mancebo que teve que ser dobrado por dois colegas acabando por a pega ser consumida pelo Cabo Michael Lopes à 7a tentativa, Donald Mota à 1a tentativa em pega dura e de garra e Raymond Oliveira à 2a tentativa com pega boa e muito vistosa.

Esta corrida teve acontecimento lindíssimo. O Grupo de Forcados Luso-Americanos está a participar no Make-A-Wish Foundation para ajudar Frankie Fernandes uma criança de Tulare que sofre da terrível doença do cancer e que ainda sonha em ser forcado um dia. Momentos emocionantes e chocantes ao ver o Frankie Fernandes dar a volta com o Cavaleiro Joe Correia e o forcado Donald Mota e o cabo Michael Lopes a oferecer à criança a sua jaqueta. Parabéns ao Grupo de Forcados Amadores Luso-Americanos por mais esta iniciativa.

Posted on: 06/03/2016 - 2:07am

The bullfighter Rodolfo Rodriguez, known as “El Pana”, has died from injuries he sustained in the ring a month ago, ending the longest career in Mexican bullfighting. El Pana, so called because he was once a baker (panadero), was 64 when he fought his last bull – ironically named Pan francés – on 2 May in the plaza Durango in Mexico. 

The bull, catching him off guard, gored him and then threw him into the air. The injuries left him unable to move and barely able to speak, and Rodriguez is said to have asked doctors to allow him to die so that he did not have to live with tetraplegia.

Born in Mexico, El Pana had no bullfighting pedigree. His father, a police officer, was murdered, and El Pana held a variety of jobs, among them a gravedigger. He rose from his humble beginnings to become a larger-than-life character much loved beyond bullfighting circles. 

In a world circumscribed by ritual and tradition, El Pana was an iconoclast who liked to arrive in the ring in a pink carriage, his hair tied back in a long ponytail, and smoking an immense Havana cigar. For all this, he was derided by purists, who laughed at his fake Andalusian accent and extravagant gestures and excluded him from the most prestigious events. His life was chaotic, he had problems with alcohol, and spent more than one night in jail.

El País described Rodriguez as “a bullfighter out of hunger, not for glory”, while El Mundo called him “bullfighting’s last bohemian”.

The aficionados of Bloodless Bullfighting in California had the privilege to see El Pana fight earlier in his career in Escalon. RIP El Pana.